"A arte é a contemplação: é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que ela também tem uma alma. É a missão mais sublime do homem, pois é o exercício do pensamento que busca compreender o universo, e fazer com que os outros o compreendam." (Auguste Rodin)

quarta-feira, 23 de março de 2011

2ª SÉRIE - TEXTO 3 - 1ª Unidade



Linguagem Visual

Na linguagem visual, há correspondência simétrica quando todos os elementos assumem uma configuração ordenada e todas as partes da composição se repetem com base numa ordem geométrica.
A característica principal da simetria é a correspondência entre as partes.
A forma mais comum da simetria é a bilateral ou real.

Simetria bilateral: acontece quando todas as formas, pesos, cores, linhas e movimentos estão distribuídos com equilíbrio entre a parte direita e esquerda.
Existem também as simetrias aparente e radial ou central.

Simetria aparente: é aquela em que um lado não é igual ao outro.
Ex.: As pétalas de uma flor não são absolutamente iguais às de outra flor. Elas diferem em número e posição.

Simetria radial ou central: quando todos os pontos passam através de um eixo central ou se irradiam a partir dele.
Ex.: As rodas de uma bicicleta, a cúpula de algumas igrejas, principalmente as de estilo gótico.

Assimetria: é a ausência de respeito a um eixo central e a ausência de correspondência entre os lados ou partes. Ex.: pedras (minerais) naturais, nas formas arquitetônicas, nas esculturas, etc.


Compor: é reunir ordenadamente uma série de elementos e representá-los no papel.
A composição tem a função comunicativa, passando idéias, sensações e mensagens de forma coerente. Procura transmitir dinamismo, ritmo, simetria, assimetria, linha de força, imobilidade, estática.
Na linguagem visual, há correspondência simétrica quando todos os elementos assumem uma configuração ordenada e todas as partes da composição se repetem com base numa ordem geométrica.

Estática: São aquelas figuras que dão a sensação de imobilidade.

Ritmo: é uma sensação regular de elementos, de forma, de objetos, de cores, de movimento que se repetem constantemente, em movimento uniformes crescentes, decrescentes, alterados ou radicais.
O ritmo mais simples é gerado por uma sucessão de elementos iguais.

Ritmo uniforme: Quando a forma e o objeto que compõem o ritmo se repetem.
Ex.: as garrafas em série saindo de uma fábrica.

Ritmo crescente: Quando formas diversas se repetem e crescem progressivamente.

Ritmo decrescente: quando as formas diversas diminuem gradativamente.
   
Ritmo alterado: quando formas diversas se repetem regularmente e se alteram entre si.                                                   
                                                                         
Ritmo radial: Quando os elementos de uma forma se irradiam do centro para fora.
Os ritmos radiais podem ser: uniformes, crescentes, decrescentes e alterados.

BRUNA, r. Cantele. Arte, etc e tal... Vol. 3. IBEP. São Paulo.

ATIVIDADE

1.   1 - O que vem a ser simetria e como ela se classifica?
2.  2 - Qual a característica principal da simetria?
3.  3 - Qual a diferença entre a simetria aparente e a radial ou central?
4.  4 - Conceitue assimetria e dê exemplo.
5.  5 - Escolha um dos ritmos estudados e crie uma composição em papel ofício utilizando revistas ou papel colorido.





Um comentário: